sexta-feira, 18 de julho de 2014

Como transformar a make do dia para usar à noite


Bom dia meninas!

Hoje é sexta-feira, dia de baladinha, barzinhos, encontros e tudo mais!
E na correria do dia a dia muita gente vai direto do trabalho para seus compromissos pessoais, então nada mais prático do que aproveitar a make do dia e transformá-la para a noite não é?
Veja duas opções:





1. dia - Make Esfumado Em Potência Máxima: Não tem jeito:smokey eyes são tiro e queda para acrescentar sensualidade ao visual. Sob a luz do sol, prefira variações de cinza ou marrom para conquistar o efeito. A pele do inverno tem aspecto de “bem tratada” e é feita com base iluminadora, de textura leve, que confere viço ao rosto.
2. noite - Para Um Visual Rock’n’roll: Faça um fundo em tom café nas pálpebras, mas não tenha receio de abusar do preto por cima. “E nada de aplicar a sombra de maneira certinha. Ela deve aparecer sem definição”, decreta o expert. A máscara define tanto os cílios superiores quanto os inferiores.

1. Dia - Sobrancelhas definidas em alta: Realçadas e bem desenhadas, elas continuam na moda e, acredite, fazem toda a diferença para um visual forte e intenso. Com a ajuda de um pincel, preencha o fundo das sobrancelhas com uma sombra específica de cor próxima a desses pelinhos. Esfume para obter um efeito natural. Complemente o look dos olhoscom iluminador rosa perolado nas pálpebras e lápis branco na linha d’água.
2. Noite - Upgrade para a festa: Elimine o lápis branco e use um delineador líquido rente aos cílios inferiores, esfumando com uma sombra preta por cima. Capriche nas camadas de rímel. Aposte sem medo nos tons de lavanda, uva e roxo para destacar os lábios.

Arrasadoras hein, agora é só treinar e arrasar por aí!
Bjinhussss e um ótimo fds a todos!

quinta-feira, 17 de julho de 2014

Cabelos curtos no inverno

Bom dia meninas,
Apesar do friozinho, a aposta nesse inverto são os cabelos curtos e curtíssimos, muitas famosas já aderiram, confiram alguns estilos de cortes:







Olha, a maioria aqui ficou lindíssima com o cabelo curtinho, tb já tive o meu assim batidinho, mas por acidente com os fios mesmo rs, acho mega charmoso os fios longos da mulherada rs...
Acho que eu arriscaria no máximooo o corte da Cláudia Raia, mas mesmo assim ainda estou tentanto deixar os meus compridos!
E vocês, preferem curtinhos ou compridos?

Bjinhussss!

quarta-feira, 16 de julho de 2014

Inspiração: lindos penteados!!!

Bom dia meninas,
Hoje alguns penteados lindos, fico babando nesses com tranças, amoooo!
Inspite-se e faça igual!















Lindos demais né?

Bjinhusss!

terça-feira, 15 de julho de 2014

A diferença entre Hidratação "power", Nanoqueratinização e Cauterização

Bom dia meninas,
Às vezes os cabelos precisam de um socorro extremo e somos obrigadas a recorrer à tratamentos de salão, mas para isso é importante saber a diferença entre um e outro tratamento para optarmos pelo correto para nosso tipo de cabelo. Vamos ver a diferença e conhecer 3 tipos de tratamentos profundos para os cabelos:


HIDRATAÇÃO "POWER"

O que é: É uma técnica mais profunda de hidratação que permite que os fios recuperem a água e também reponham nutrientes para restaurar a emoliência e voltarem a ser saudáveis. Os ativos utilizados em cada caso variam de acordo com o salão e o profissional, mas de um modo geral os óleos (argan, jojoba, macadâmia, de semente de uva, semente de romã, de coco etc) estão na maioria das fórmulas, assim como vitaminas e aminoácidos. "Esse método foi muito beneficiado com a redescoberta das propriedades dos óleos vegetais, essenciais na restauração dos cabelos. Eu particularmene utilizo o argan, para sedosidade e brilho; e o de jojoba, para reconstrução da fibra capilar", diz o hairstylist Wilson Eliodorio, do Wilson Eliodorio Studio, em São Paulo.
Como funciona: Os óleos possuem nutrientes muito concentrados, que suavizam as cutículas dos fios e penetram mais facilmente na fibra, possibilitando uma melhor absorção dos aminoácidos, vitaminas e proteínas, que quando aplicados puros, também permeiam a superfície do fio tratando-o de dentro para fora.
Indicação: Cabelos ressecados e muito quebradiços, seja por consequência de químicas ou excesso de exposição ao sol, sal e cloro; e também uso excessivo de secador e chapinha. "Se perceber que o cabelo está com aspecto seco e embaraçando demais, com facilidade, é sinal de que precisa ser hidratado", ensina Silvana Lima, do Studio W Iguatemi, também de São Paulo.
Frequência: Quem vai avaliar é o cabeleireiro. Dependedo do estado do fio pode ser feita semanal, quinzenal ou mensalmente.


NANOQUERATINIZAÇÃO

O que é: O tratamento consiste na aplicação de queratina, por meio da nanotecnologia, para aumentar a eficácia. Isto é, as moléculas dessa proteína são reduzidas ao menor tamanho possível e, dessa forma, penetram mais fácil e profundamente no fio. "O objetivo desse tratamento é repor a queratina – matéria perdida quando o cabelo é submetido a processos químicos – dos fios danificados, que ficam porosos e sujeitos à quebra; e, assim, restaurar sua estrutura", explica Tania de Souza, profissional do Ricardo Maia Hair & Make Up, Brasília, DF. A queratina aumenta a resistência do fio, o que na prática significa um cabelo fortalecido. Quando há perda dessa proteína, o fio fica fraco, sem resistência. "Se não houver a reposição de queratina, a cutícula se abre e o fio torna-se muito fino nas pontas e pode até se romper só de tocar no ombro", alerta Silvana Lima, do Studio W.
Como funciona: A aplicação da queratina é feita por meio de pulverização, para assim formar uma névoa com micropartículas da substância e facilitar uma aplicação uniforme. "Esse método garante que a queratina seja bem distribuída, atingindo toda a superfície dos cabelos", explica Tânia de Souza.
Indicação: Cabelos submetidos a químicas fortes, como alisamento, descoloração e permanentes. Todos esses são processos agem profundamente no fio e quebram as ligações de enxofre que compõem a queratina. Por essa razão, a nanoqueratinização não pode ser aplicada em cabelos que não tenham sido submetidos a processo químicos, sob o risco de ficarem duros demais, por excesso de queratina. "O fio de cabelo deve ter maleabilidade, ou seja, depois de esticado, o certo é que volte para o lugar, se isso não acontecer e o fio se romper é sinal de porosidade, ele está fraco e precisa ser reestruturado", diz Bruno Amorim, do Célio Faria Instituto de Beleza, de Belo Horizonte.
Frequência: Vai depender das condições do fio, mas em princípio, quando a necessidade do tratamento é urgente, as sessões devem ser feitas uma vez por semana. Depois, com o tempo, à medida que o cabelo se restaura, pode ser feito, em média, a cada 40 dias, mas tudo vai depender da indicação do profissional, que inclusive pode dar "alta" dos procedimentos, depois de um período.


CAUTERIZAÇÃO

O que é: Considerado pelos especialistas como um dos tratamentos mais eficazes para ressuscitar fios destruídos. A cabeleireira Lela Athanásio, do Crystal Hair, do Rio de Janeiro, explica o porquê: "Ao selar por completo a cutícula, a cauterização garante que todos os nutrientes aplicados no fio permaneçam ali depositados por mais tempo, assim suaviza pontas duplas, elimina o frizz e devolve a elasticidado do fio", diz a especialista. Assim, além de saudáveis e resistentes, os cabelos recuperam o balanço natural e os fios ficam mais disciplinados. Os ativos usados são definidos pelos cabeleireiros e isso depende da necessidade de cada caso. Tânia de Souza, do Ricardo Maia Hair & Make up, de Brasília, por exemplo, faz uma cauterização à base de vitamina C, que tem ação antiquebra, e acrescenta também um pouco de queratina, para resistência; e ceramidas, que nutrem e dão brilho aos fios. Já Lela Athanásio, do Rio de Janeiro, prefere fazer com aminoácidos, que ajudam no crescimento e têm ação antioxidante; queratina e outras proteínas, como o colágeno, que também fortalecem o fio.
Como funciona: A aplicação da queratina é feita por meio de pulverização, para assim formar uma névoa com micropartículas da substância e facilitar uma aplicação uniforme. "Esse método garante que a queratina seja bem distribuída, atingindo toda a superfície dos cabelos", explica Tânia de Souza.
Indicação: Cabelos submetidos a químicas fortes, como alisamento, descoloração e permanentes. Todos esses são processos agem profundamente no fio e quebram as ligações de enxofre que compõem a queratina. Por essa razão, a nanoqueratinização não pode ser aplicada em cabelos que não tenham sido submetidos a processo químicos, sob o risco de ficarem duros demais, por excesso de queratina. "O fio de cabelo deve ter maleabilidade, ou seja, depois de esticado, o certo é que volte para o lugar, se isso não acontecer e o fio se romper é sinal de porosidade, ele está fraco e precisa ser reestruturado", diz Bruno Amorim, do Célio Faria Instituto de Beleza, de Belo Horizonte.
Frequência: Vai depender das condições do fio, mas em princípio, quando a necessidade do tratamento é urgente, as sessões devem ser feitas uma vez por semana. Depois, com o tempo, à medida que o cabelo se restaura, pode ser feito, em média, a cada 40 dias, mas tudo vai depender da indicação do profissional, que inclusive pode dar "alta" dos procedimentos, depois de um período.


E agora, já sabe qual é o melhor para você?

Bjinhussss!

segunda-feira, 14 de julho de 2014

Corretivos, a salvação!

Boa tarde meninas,
Um dos meus ítens indispensáveis na necessaire é o corretivo... mesmo que você não passe absolutamente nada no rosto, ele não tem jeito, tem que passar nas olheiras, senão ficamos com aquele aspecto de abatida, cansada e que não é legal né!
Vamos ver algumas dicas e opções:

Uma noite mal dormida, uma ressaca ou uma gripe e lá estão elas, as olheiras, bem evidentes. O corretivo bem escolhido e bem aplicado pode resolver esse problema. Se não resolve totalmente, equilibra bem a cor do local e ajuda a diminuir as bolsinhas.
Na hora da aplicação do corretivo ou do protetor solar aproveite para massagear e com isso promover uma drenagem linfática local. Isso pode ajudar bastante a diminuir o inchaço e a cor escura. Se feito todos os dias.


Ótimas opções de corretivos que além de cobrir imperfeições, ainda cuidam da pele. Na foto maior, o corretivo da Make up Forever, à venda na Sephora, no canto direito superior, o corretivo da Linha Kat Von D também da Sephora e no canto inferior o Professional da Benefit.

Então, verifique os produtos que está usando tanto em textura, quanto em cor e recursos. Se estiver com a pele legal ou depois de usar BB Cream complemente com corretivo apenas nos defeitinhos que quer esconder.
Corretivo facial MD Multi Definition da Contém 1G. Ilumina a área dos olhos.
Qual vocês usam meninas? Eu estou na maior indecisão de qual comprar, quero um que seja quase um cimento, que esconda mesmooo rsrsrsrs, qual vocês indicam?
Bjinhussss!!

Veja mais!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...